Todo mundo concorda que estar presente na internet é essencial para ter sucesso em qualquer área, hoje em dia, muitas vezes até mesmo no campo pessoal. Para estar presente na internet, atualmente, você tem diversas opções, a principal delas ainda é através de um site ou blog.

Ótimo. Mas como isso é possível (muita gente não faz a menor ideia)? E qual a melhor maneira de fazer isto?

1º passo – Design do site

A primeira coisa a fazer é encomendar o design do seu futuro site, pesquise com cuidado e escolha o melhor profissional ou empresa que o seu dinheiro puder pagar. Analise o portfolio de projetos, veja se você gosta, se inspira confiança, busque por recomendações, peça orçamentos. É importante achar um equilíbrio entre qualidade X credibilidade e preço para não se arrepender mais tarde.
Você poderia optar por um site do tipo “Faça você mesmo gratuitamente!”, mas em ambientes de concorrência elevada, você deve ter como um dos principais objetivos, ser único, posicionar sua empresa como melhor que as demais em alguma característica, eleja um diferencial e comunique essa vantagem competitiva desde a identidade visual (logotipo, cores, visual do site etc).

2º passo – Domínio

Escolha um domínio. Domínio é o nome/endereço que o seu site vai ter e pelo qual as pessoas encontrarão e poderão acessar seu site. Pense em algo que seja fácil de pronunciar e memorizar. Aí você deve registrar esse domínio (que também formará os endereços de e-mail da sua empresa). Esta é a parte mais fácil e barata, em torno de R$ 40,00/ano, se for “.com.br” ou outra opção oferecida pelo Registro.br, órgão responsável, no Brasil, por este assunto.

3º passo – Hospedagem

Escolha um serviço de hospedagem. Sim, para que seu site possa aparecer na internet, os arquivos que o compõem devem estar hospedados em um servidor, que irá disponibilizá-los aos internautas/usuários, sempre que alguém solicitar (digitar o domínio no navegador de internet ou fizer uma busca por uma palavra-chave associada ao seu site).

 

É aí que a coisa começa a complicar um pouco, pois existem tantas opções de hospedagem que você vai ficar bem confuso se não souber quais características deve ter uma boa hospedagem.

 

Vamos lá, então. Vou listar algumas aqui:

Espaço de armazenamento (espaço em disco)

Dá para pensar nisso como se fosse o espaço de armazenamento para um novo computador ou celular que você estaria querendo comprar. Quanto maior a quantidade de informações (páginas, textos, imagens, recursos, vídeos) o seu site tiver, maior será o seu “tamanho” e mais espaço em disco você irá precisar;

 

Largura de Banda

Pense nisso como se fosse a largura de banda do seu provedor de internet: quanto maior a largura de banda, maior a quantidade de informações/dados podem ser transmitidos ao mesmo tempo. Isto afeta a velocidade de carregamento da sua página, ou seja, quanto tempo um internauta tem de esperar até que seu site possa ser visualizado. Se esta informação não estiver disponível e você estiver interessado em adquirir/assinar um plano, entre em contato com a empresa que escolheu e pergunte antes de tomara decisão final;

 

Número de domínios e subdomínios

Esta é uma característica estratégica para a sua hospedagem, pois vai permitir ou não que você agregue mais negócios, divisões ou áreas à mesma hospedagem.

 

Número de contas de  e-mail

Este é um ponto de atenção especial, verifique, quando for escolher um plano de hospedagem, quantas contas (endereços únicos de e-mail, também chamados de caixas postais) você terá direito comparado a quantas contas você efetivamente precisará, agora e no futuro próximo;

 

Banco de Dados

Para que você possa, por exemplo, ter um blog (seja ele em WordPress ou não) você precisará de ao menos 1 banco de dados, para  a maioria dos recursos dinâmicos de automatização de tarefas em sites é necessário que se tenha um banco de dados, então se você quer ter um site com recursos dinâmicos, escolha um plano com ao menos 1 banco de dados;

 

Painel de Controle

Este é o espaço de administração da sua hospedagem, por lá você configura email, domínios, filtros de spam, mensagens automáticas, instala softwares, cria e administra banco de dados e muitos outros recursos. Tem de ser simples, fácil de usar.

 

Disponibilidade

Uma vez publicado e divulgado, seu site não pode sair do ar, certifique-se de que o site tenha a maior disponibilidade possível.

 

Meio de pagamento

O jeito mais cômodo e garantido é o cartão de crédito. Opte por um serviço de hospedagem que aceite pagamentos eletrônicos com cartão de crédito e que a transação seja realizada por uma empresa confiável e conhecida, como, por exemplo, o PayPal, um dos pioneiros em sistemas de pagamento online;

 

Suporte

Verifique se o suporte a eventuais problemas ou dúvidas será dado de maneira personalizada ou por um Call Center. Isso faz toda diferença, afinal, quem gosta de ficar sendo levado de opção em opção e no final ser atendido por uma pessoa que não sabe como “sair do script”, não tem jogo de cintura e demora pra resolver o seu problema?

 


 

Nossa recomendação, claro, não podia ser diferente, conheça o EW host, o nosso serviço de hospedagem de sites.

 

Ver os planos oferecidos